,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Foi brincadeira o comentário em foto de Túlio e Fátima Bernardes, diz Maria Gadú
  • Novas instalações imersivas fazem passeio pelo tempo e espaço no Farol Santander
  • Sarah Jessica Parker anuncia retorno de Carrie Bradshaw para 'apoiar causa'

2º Enacopi: cantando, aprendendo e reunindo o melhor do conto coral
Barjas Negri
26/07/2018 08h08
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Era 2007 a cidade viu, pela primeira vez, no palco do Teatro Dr. Losso Netto, o maior grupo de vozes já reunido num só evento, dando início a mais um encontro de valorização da cultura - o Enacopi, Encontro Nacional de Corais de Piracicaba que neste ano comemorou 12 anos de sucesso, resultado de uma soma de ideias e desejos bem planejados para fortalecer a prática do canto coral.
 
Sem caráter competitivo, o Enacopi objetiva apenas reunir vozes e abrir espaço para difusão deste gênero de interpretação. Tem também caráter pedagógico, o que o torna um dos mais concorridos e prestigiados do gênero, fazendo uma perfeita integração entre pessoas envolvidas com a arte. 
 
E o reconhecimento público chegou também ao Executivo que, para garantir a continuidade do projeto, transformou-o em lei, em 2009. Na justificativa encaminhada à Câmara de Vereadores para que o Enacopi passasse a compor o calendário oficial, foi destacada sua importância na movimentação da cultura, na formação de plateias, na oportunidade para troca de experiências entre os coralistas, além de ter-se tornado um momento esperado pelos coros da cidade e do Estado. 
 
A programação de 2018 trouxe 24 corais entre adultos, da terceira idade e infanto-juvenil, das cidades de Americana, Atibaia, Campinas, Jundiaí, Rio Claro, Santo André e São Paulo, entre outras, com apresentações à capela ou acompanhados de teclado, piano, violão e percussão. A edição contou ainda com a intervenção artística do ator Leonardo Moraes e mais uma ação social: os ingressos foram trocados por um litro de leite e as doações encaminhadas às nossas entidades assistenciais. 
 
Desta vez, por questões econômicas, não recebemos coros internacionais, como em 2007 quando o Coral da Universidade de San Francisco Xavier, de Sucre, Bolívia, esteve no Teatro Losso Netto, mesmo espaço que em 2010 recebeu o Coro Polifônico Espiritu Santo, de Ciudad del Este, Paraguay. Outros dois convidados latinos aqui estiveram em 2012, o Coro St. Gregory’s, de Buenos Aires, Argentina, e a volta do coro boliviano.
 
Numa cidade privilegiada pela riqueza e diversidade cultural, volto a frisar algumas características marcantes do Enacopi enquanto política pública para cultura: além de divulgar o movimento coralístico, permitir a troca de experiências, reunir os melhores grupos vocais, é um dos eventos mais concorridos e prestigiados do Estado de São Paulo, tornando Piracicaba, mais uma vez, referência em cultura pelo Brasil e América Latina.
 
Barjas Negri, prefeito de Piracicaba

Barjas Negri

Foi prefeito de Piracicaba (2005-2012).


 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar